MAE acessível

O educativo do Museu atento à democratização dos espaços museológicos vem implementando ações acessíveis para diferentes públicos. Confira alguma delas:

Inclusão Sóciocultural

São desenvolvidas diferentes atividades com os moradores da comunidade São Remo, vizinha a USP. Atualmente vem sendo implementadas ações sistemáticas e permanente com o público infanto-juvenil da ONG Espaço Girassol.

O projeto foi retomado no ano de 2014 a partir do trabalho com um grupo de 15 crianças entre 7 e 11 anos. A parceria entre as duas instituições remonta a década de 1990, quando o Museu iniciou as primeiras atividades realizadas com a busca de aproximar o espaço museológico de seu entorno.

As ações buscam acentuar a função social de uma instituição museológica mediante o trabalho com públicos inclusivos que geralmente não possuem acesso a esses espaços e contribuir para o aprofundamento da relação entre a Universidade com as comunidades do seu entorno.

Terceira Idade no Museu

O MAE oferece desde 2005 diferentes ações para a Terceira Idade dentro do Programa “Universidade Aberta à Terceira Idade” da Pró Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP.

São ações educativas em que os participantes se envolvem com várias atividades: relacionadas à arqueologia, etnologia e museologia. Destacam-se as visitas orientadas nas exposições em cartaz e a Oficina da Memória. Nesta oficina, com a duração de quatro meses, o público participa de muitas atividades práticas e reflexivas. Ao final é construído um produto, como resultado de todo o processo de trabalho, como uma exposição, uma publicação, um vídeo, entre outros.